top of page

Biografia

u l i s s e s _edited_edited.jpg

As histórias estão no sangue de A. M. Catarino. Desde criança que tem um profundo amor pelos livros. Começou por ler banda desenhada em tenra idade, mas, não se contentando com o que lhe chegava às mãos, dedicava-se também a escrever e desenhar as suas próprias obras.

Adivinhava-se um futuro idílico para o jovem artista, quando os pais lhe fizeram notar que passaria muitas dificuldades se pretendesse viver das artes. Ser escritor, sim senhor, tudo muito bem, mas primeiro tinha de tirar um curso para ter uma profissão “a sério” e ganhar a vida. Os livros teriam de ser um hobby para os tempos livres.

Já licenciado em Sociologia, decidiu apostar na escrita, pois entretanto desinteressara-se do desenho. Insatisfeito com os resultados dos primeiros rascunhos, decidiu, aos vinte e oito anos, concentrar os seus instintos artísticos na fotografia, numa época em que se estabilizara profissionalmente como formador freelancer. O empenho como autodidata permitiu-lhe uma rápida evolução. Era todo um novo mundo que se abria, como o comprovam as várias exposições individuais e coletivas em que esteve presente desde então, bem como as oficinas e cursos de fotografia que ministrou desde então.

De uma forma não intencional, acabou por repescar a escrita quando, rendido à fotografia digital, criou o seu primeiro blog, por volta de 2004. No espaço digital encontrou um lugar para partilhar fotografias com pequenos textos a ilustrá-los. A boa reação a estes esforços convenceu-o a publicar o seu primeiro livro aos 36 anos. “Fragmentário” juntava as suas duas paixões: a fotografia e a escrita. Desafiado pelo entusiasmo dos seus primeiros leitores, seguiram-se outros livros e múltiplas participações em antologias e coletâneas, tanto na vertente escrita como fotográfica. 

A obra publicada em nome próprio até à data conta com os seguintes títulos:

Abril 2023 – “13 contos fora da caixa” (Contos e fotografia)
Outubro 2022 – “Revelação” (Romance)
Maio 2022 – “Literatura de viagem sem sair do mesmo lugar” (Novela)
Janeiro 2022 – “Souvenir” (Poesia)
Dezembro 2020 – “Emulsão” (Poesia, prosa e fotografia)
Agosto 2019 – “Saudade” (Romance)
Março 2018 – “MONSTRO” (Romance)
Novembro 2016 – “Antologia” (Romance)
Dezembro 2015 – “Muitos anos sem ti” (Poesia e fotografia)
Dezembro 2014 – “As crónicas de Hélio Meio Frasco” (Conto e fotografia)
Novembro 2012 – “Claridade” (Romance)
Maio 2011 – “Um” (Fotografia e contos)
Abril 2010 – “Fragmentário” (Contos e fotografia)

Atualmente, para além de continuar a escrever e fotografar, mantém-se também fiel ao seu percurso enquanto formador e tutor, partilhando a experiência e conhecimentos acumulados nas áreas da escrita e da fotografia através do Projeto Narr'Artes.

Portfolio Fotografia

01.jpg
bottom of page